terça-feira, 12 de dezembro de 2017
Últimas Notícias
Capa / 1ª Página / Suspeito de ter ateado fogo em irmãs tinha um ‘caso’ com a mãe das meninas

Suspeito de ter ateado fogo em irmãs tinha um ‘caso’ com a mãe das meninas

Mãe das crianças está desaparecida e o suspeito segue foragido. Na última semana foi registrada uma ocorrência de abuso sexual contra o suspeito.

Foto: Polícia Civil

Rolim de Moura, RO – O funcionário público Idair dos Reis Maria, de 44 anos, é o principal suspeito de ter ateado fogo e agredido duas irmãs de 5 e 7 anos, segundo o diretor de Polícia Civil do Interior (DPI) Arismar Araújo. As crianças foram encontradas nuas na manhã de domingo (29) na área rural de Rolim de Moura (RO), município a 402 quilômetros de Porto Velho, próximo de uma represa. A mãe das meninas está desaparecida e o suspeito segue foragido.

Equipes do Corpo de Bombeiros fazem buscas na represa onde as meninas foram encontradas na tentativa de encontrar os corpos da mãe ou do próprio suspeito.

O diretor conta que a mãe das meninas que foram agredidas era amante do suspeito que mora em Rolim de Moura com a esposa e outra família. Ele havia alugado uma casa em Santa Luzia do Oeste para a amante morasse junto com as filhas.

“Na sexta-feira (27), a mãe das garotas as acompanhou até a delegacia de polícia civil, onde registraram uma ocorrência de abuso sexual contra Idair. Na denúncia, as garotas relataram que haviam sofrido todos os tipos de abuso, porém foram submetidas a exames que não comprovaram a conjunção carnal. Ainda assim foi expedida uma medida protetiva para essas crianças”, contou o delegado.

Durante o registro da ocorrência de abuso sexual e os exames que foram realizados em Rolim de Moura, as garotas foram acompanhadas pelo Conselheiro Tutelar de Santa Luzia do Oeste.

Até o momento, a polícia apurou que foi o próprio suspeito que retirou as garotas de dentro da casa. “Segundo informações, o suspeito foi até a residência e saiu de carro com a mãe, em seguida retornou e pegou as garotas, alegando que iria levá-las ao encontro da mãe”, disse Arismar.

Desde então, a mãe das garotas segue desaparecida. O Bombeiro Militar está fazendo mergulhos na represa, na tentativa de encontrar os corpos da mãe e do suspeito.

“Temos várias equipes de busca na região da Zona da Mata, o homem está em estado de flagrante delito, a qualquer momento pode ser preso. Nós não sabemos a situação da mãe, se está em cárcere privado por esse homem, ou até morta”, diz o diretor de polícia.

A menina de sete anos está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e a de cinco ano está internada na clínica pediátrica, ambas no Hospital Regional de Cacoal. A unidade hospitalar deverá emitir um boletim médico sobre o estado de saúde das crianças. Arismar afirma que as policias civil e militar estão empenhadas em encontrar o suspeito e caso alguém saiba de algo que possa ajudar na solução do crime, denuncie através do 197 e 190.

Entenda o caso

Duas irmãs, com idades entre 5 e 7 anos, foram encontradas nuas, com ferimentos e queimaduras graves pelo corpo na manhã de domingo (29). As crianças estavam próximas de uma represa na Zona Rural de Rolim de Moura. As meninas foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros e encaminhadas para o Hospital Municipal. Uma das vítimas apontou o padrasto como autor da violência.

Texto: Magda Oliveira
Fonte: G1/RO

Sobre Redação