Jabá Moreira: o compromisso com a verdade e com a população

0

Candidato é ficha limpa, cristão e tem experiência técnica comprovada

Vereador por dois mandatos, cristão, casado e pai de três filhos, o candidato a prefeito pelo PROS, Jabá Moreira não tem receios de falar de seu compromisso com a verdade. Enquanto vereador, ficou conhecido pelos discursos ácidos, denúncias e questionamentos acerca das posturas e decisões tomadas pelo executivo. A oposição não perdoou e tentou desconstrui-lo a todo custo: foi chamado de politiqueiro, escandaloso e seus atos foram usados contra si a fim de desmoralizar a conduta do homem que fiscaliza o que ninguém queria que fosse fiscalizado.

No maior momento de crise que o legislativo cacoalense enfrentou – em que vereadores acabaram presos – Jabá era um dos únicos parlamentares ficha limpa, que sequer foram investigados. “Isso aconteceu por causa do meu compromisso com a verdade. Somos funcionários da população e não podemos nos esquecer disso”, comenta Jabá.

De modo emocionado, ele relembra do almoço de domingo com a família após a derrocada do moral do legislativo causado pelas prisões. “Era dia das mães e minha finada mãe veio chorando até mim dizendo que o fato de eu não ter sido preso foi o maior presente que dei a ela. Eu nunca vou me esquecer deste momento, pois foi um dos mais marcantes da minha vida”, relembra.

Comprometido com as pessoas e tem bom acesso a todas classes sociais, Jabá é um dos únicos políticos do município que se preocupa com projetos voltados à inclusão de pessoas com deficiência, principalmente a comunidade surda. Sem aceitar negociatas partidárias, o candidato a prefeito não fez alianças políticas e pereceu durante toda a campanha pela falta de recursos para estruturar sua campanha, sem tempo de propaganda eleitoral e sem ajuda do fundo eleitoral, o qual ele sempre se recusou a receber.

Com experiência técnica comprovada, Jabá comandou a secretaria de obras de Cacoal e solucionou diversos problemas crônicos. “Comandar uma secretaria não é fácil, principalmente quando as pessoas estão cansadas de falsas promessas. Também por isso aceitei o convite, pois nós, pessoas do bem, precisamos tomar as rédeas do município e começar a cuidar do que é nosso”, expõe.

Perguntado sobre sua postura política, não se furta de falar acerca do seu passado, menos ainda do fato que lhe fez se tornar candidato a prefeito: “Eu nunca compactuei com ilegalidades, não aceito toma lá, dá cá e não quero politicagem dentro da prefeitura. Estamos em um momento delicado na história do nosso município porque mais uma vez ganhamos repercussão por conta de pessoas mal-intencionadas que não fizeram o certo. Quero ser prefeito de Cacoal para que possamos deixar essa mancha no passado e trazer novamente à população esperança de dias melhores, com um município em franco desenvolvimento”, arremata.

Comments

comments